Gestão Financeira

Gestão FinanceiraÁrea de Atuação

ESTRUTURAÇÃO DO FLUXO DE CAIXA

Fluxo de caixa é uma ferramenta de controle financeiro que mostra, detalhadamente, os valores de todas as ENTRADAS e as SAÍDAS de recursos financeiros da empresa e seu cálculo é feito a partir dos saldos existentes em contas bancárias e dinheiro disponível na empresa.

Por isso é importante ter um controle sobre o fluxo de caixa, pois é por meio dele que o empresário mantém a vida financeira do empreendimento organizada. Assim, ele fica ciente de todo o dinheiro da empresa, tanto as receitas e quanto as dívidas, a fim de tomar as melhores decisões na hora de remanejar valores para setores que a empresa necessite, definir prazos de recebimento, planejar os pagamentos, etc.


CONSTRUÇÃO DO DRE - DEMONSTRATIVO DE RESULTADOS DO EXERCÍCIO

Apesar de o Fluxo de Caixa ser essencial na gestão financeira, a construção do Demonstrativo de Resultados do Exercício ou DRE é fundamental para empresa analisar se seu negócio apresenta LUCRO ou PREJUÍZO. O DRE analisa o resultado econômico da empresa em um determinado período através do confronto entre receitas (ENTRADAS), custos e despesas (SAÍDAS). 

Quando as receitas são maiores que os custos e despesas, a empresa possui lucro. Caso contrário, o resultado negativo é o que conhecemos como prejuízo.

Construir o Demonstrativo de Resultados auxilia a empresa na tomada de decisão e na criação de estratégias, além de ser fundamental na Definição do Preço de Venda dos produtos e serviços.


DEFINIÇÃO DO PREÇO DE VENDA

Saber definir o Preço de Venda é fundamental para garantir a sobrevivência e o destaque da empresa no mercado. Muitos gestores afirmam que sabem calcular corretamente os preços de venda de seus produtos e serviços. Mas será que o método está correto?

Para correta definição do Preço de Venda devem ser considerados dois aspectos: o mercadológico (externo) e o financeiro (interno).

- Aspecto Mercadológico: é importante que seu preço de venda seja competitivo no mercado, ou seja, deverá estar próximo do praticado pelos concorrentes diretos da mesma categoria de produto e qualidade.

- Aspecto Financeiro: o preço de venda deverá cobrir o CUSTO direto do produto/serviço vendido (como material e mão de obra), as DESPESAS VARIÁVEIS (como comissões de vendas, impostos) e as DESPESAS FIXAS (como aluguel, água, luz, telefone, salários, pró-labore). O saldo restante será o lucro líquido.


CONSTRUÇÃO DO CAPITAL DE GIRO

Capital de Giro é o recurso financeiro necessário para financiar a continuidade das operações da empresa, como recursos para financiamento aos clientes (nas vendas a prazo), recursos para manter estoques e recursos para pagamento aos fornecedores (compras de matéria-prima ou mercadorias de revenda), pagamento de impostos, salários e demais custos e despesas operacionais.

A gestão do capital de giro é um dos aspectos mais importantes para a saúde financeira da empresa. Quando a empresa não consegue manter um nível satisfatório de caixa para honrar seus compromissos pode ser forçada a sair do mercado, principalmente se perder os créditos junto a fornecedores e bancos.

Para garantir o capital de giro necessário ao funcionamento da empresa é necessário planejamento e administração constante do caixa, administração das contas a receber, gestão financeira dos estoques e administração das obrigações a pagar.

NOS LIGUE: (17) 3227-1269 / 9 8827-8706 OU MANDE UMA MENSAGEM entrar em contato
Endereço R Santa Maria, 464, Sala 04, Vila Aurora, São José do Rio Preto/SP, 15014-330


Telefones Comercial:
(17) 3227-1269

Whatsapp:
(17) 98827-8706





Newsletter

Cadastre seu email abaixo para receber nossas novidades.